Página Inicial » Notícias


Nasce a Vanguarda Agro 21/10/11 - 00:00
21/10/2011 14:11

Brasil Ecodiesel dá lugar à maior companhia do segmento no Brasil e é resultado da fusão da Maeda e da Vanguarda


A Brasil Ecodiesel S.A. agora é Vanguarda Agro S.A e assim assume definitivamente o agronegócio como seu principal foco de atuação. A mudança foi aprovada pelos acionistas, em Assembleia Geral Extraordinária (AGE), realizada na semana passada. A Companhia, pioneira na produção de biodiesel em larga escala no país, após fusões implementadas desde o final do ano passado, tornou-se a maior produtora nacional de grãos.

“Desde o final de 2010 a Brasil Ecodiesel, agora Vanguarda Agro, vem colocando em prática iniciativas que a aproximem do campo e do papel de referência no universo agrícola, permitindo capturar oportunidades no setor em função da demanda global por alimentos nos próximos anos”, afirma o diretor-presidente, Bento Moreira Franco, que assumiu o posto no último mês de setembro.

Para atingir da estratégia de expansão, a primeira etapa do projeto foi a incorporação de ações da Maeda Agroindustrial, em dezembro de 2010, e mais recentemente a da mato-grossense Vanguarda Participações, em setembro. Com as aquisições a Vanguarda Agro exibe portfólio de terras diversificado, de 330 mil hectares, distribuídas principalmente nos estados de Mato Grosso, da Bahia e do Piauí.

A nova marca institucional é resultado do movimento estratégico da Companhia em concentrar seu modelo de negócios cada vez mais na atividade agrícola.

Na assembleia do último dia 10, foram votadas e aprovadas também a reforma e a consolidação do Estatuto Social da Companhia para refletir as alterações complementares exigidas pela BMF&Bovespa. Como resultado, o código de negociação de suas ações ordinárias na Bolsa de Valores passou, desde o dia 13, a ser VAGR3, enquanto a composição do Conselho de Administração (CA) conta agora com sete membros representantes: Marcelo Passáglia Paracchini, Kátia Martins Costa, José Ferraz Ferreira Filho, Antonio Carlos Romanoski, Otaviano Olavo Pivetta, Neusa Lucia Pivetta Tissiani e Rodrigo Geraldi Arruy.

“Todas as transações fazem parte da proposta de capitanearmos a consolidação do mercado agrícola, que teve na Vanguarda o sentido de continuidade à estratégia de incorporação, bem-sucedida, iniciada com a Maeda. A aprovação do nome Vanguarda Agro, agora, simboliza a mudança do modelo de negócios que tem no agronegócio o seu principal foco de atuação”, explica Franco.

Com as sinergias que serão obtidas pela integração com Maeda e agora Vanguarda, a Companhia consolida o agronegócio em seu portfólio, sem deixar de lado a perspectiva na energia renovável, com o biodiesel – um setor que discute um novo marco regulatório e do qual a companhia foi pioneira na produção e na implantação de processos industriais eficientes e sustentáveis. “A diversificação do negócio, com o fortalecimento da presença no campo, nos permitirá gerenciar melhor os riscos e acelerar o crescimento da Companhia na área agrícola, aumentar a escala das operações, diversificar o mercado comprador e, ao mesmo tempo, diminuir a dependência do biodiesel no faturamento”, completa Franco.

MAIS - A Vanguarda Agro é a maior produtora de grãos do país, com atuação nos segmentos de alimentos e energia renovável. Com a incorporação do Grupo Maeda em dezembro de 2010, e da Vanguarda Participações S.A. em setembro de 2011, a Vanguarda Agro mudou seu modelo de negócios, passando a operar de forma estratégica em toda a cadeia do agronegócio.

A Companhia detém atualmente com 320 mil hectares de área plantada, onde cultiva grãos como soja, milho e algodão. É ainda pioneira na produção de biodiesel em escala comercial e figura como uma das maiores produtoras brasileiras do biocombustível, desenvolvendo suas atividades por meio de processos industriais eficientes e sustentáveis.

VANGUARDA – A mato-grossense Vanguarda do Brasil – hoje incorporada à Vanguarda Agro - é uma das maiores produtoras agrícolas brasileiras. A Vanguarda é uma das maiores empresas do agronegócio estadual e está entre as 1000 do Brasil. De acordo com a última edição do anuário da revista Exame, “Melhores e Maiores”, publicado em julho, a Vanguarda ocupa a 745ª no ranking nacional, com faturamento de US$ 302 milhões, ou R$ 504 milhões, cifras referentes ao exercício 2010. Em suas 13 unidades produz soja, milho, algodão, bovinos e suínos e detém braço no transporte e na armazenagem. (Com assessoria)

 

 



Fonte: Diário de Cuiabá

Página Inicial - O PROALMAT - Legislação - Contato

Todos os direitos reservados.